sexta-feira, 13 de março de 2009

Todas as noites quando a água misturada ao sabão percorre meu corpo, e o resultado beira o ralo, me sinto menstruada. Há tanto vermelho escorrendo no chão que parece que meus pés sangram. E não é uma dor física, apesar do peso na coluna, é uma dor na alma, misturada com a sensação de trabalho feito!

3 comentários:

Manuh Andrade disse...

a dor na alma é de Tirésias a competência e a sensação de trabalho feito é de Euler!!

eu amo vc ininitamente

β ' disse...

Amo mais. A você, a seus textos. A suas vírgulas e a qualquer erro de ortografia que possa cometer!

Fláviabin disse...

essa peça vem mexendo com você. Que bom!!!!!